Xadversting

Aposta ufc 239 - Odds, prognósticos e os favoritos para UFC 250 com Amanda Nunes x Felicia Spencer

Gustavo RabirerosAutor da publicação: Gustavo Rabireros

Depois de nocautear Holly Holm com um chute alto histórico no UFC 239, em pela categoria dos galos, Nunes aparece com uma oferta de rendimento de apenas 16% tamanho seu favoritismo. Já Spencer, oferece um lucro de 400% aos investidores do mundo das lutas.

O retrospecto recente de Amanda Nunes é brilhante, pra dizer o mínimo. Depois de conquistar o cinturão peso-galo com uma finalização contra Miesha Tate no UFC 200, a brasileira enfileirou nomes como Ronda Rousey, Valentina Shevchenko, Raquel Pennington, Cris Cyborg, Holly Holm e Germaine de Randamie. Shevchenko foi a única que fez luta dura e só perdeu na decisão. Todas as outras lutadoras acabaram sucumbindo ao poder de nocaute de Amanda.

Tecnicamente, Amanda é uma lutadora muito melhor. Bate pesado, tem um bom jogo de boxe e vai bem no chão, usando o jiu-jitsu e muitas vezes até o wrestling, como na última luta contra Germaine de Randamie. Spencer é uma atleta forte e soma uma vitória e uma derrota na categoria peso pena do UFC. Depois de suportar o castigo imposto por Cris Cyborg durante três rounds, Spencer nocauteou Zarah Fairn em sua última aparição no cage. Como a divisão é escassa e apresenta poucas opções de desafiante a Amanda, Spencer acabou ganhando a chance pelo título até 65,6kg.

Luta principal

Luta principal

Considerando que o nocaute contra Cris Cyborg foi uma bela demonstração do quanto sua força aumenta na categoria até 65,6kg. Por isso, por mais que a resistência de Spencer seja grande, a aposta no nocaute da brasileira é uma ótima opção!

A disputa pelo cinturão peso-pena será a luta principal do UFC 250, que conta com diversos combates empolgantes. Cody Garbrandt x Raphael Assunção, Cory Sandhagen x Aljamain Sterling, Sean O’Malley x Eddie Wineland, entre outros.

Odds para o UFC 250

Além de Amanda Nunes e Raphael Assunção, o evento conta com a apresentação de outro brasileiro: Jussier Formiga. Ele encara Alex Perez pela categoria peso-mosca do UFC. Ele busca recuperação depois de perder suas últimas duas lutas dentro do octógono.

Comments

As informações de handicap e cotações esportivas contidas neste website são apenas para fins de entretenimento. Por favor, confirme os regulamentos de aposta em sua jurisdição, porque elas variam de estado a estado, província a província e país a país. Usar estas informações para violar qualquer lei ou estatuto é proibido. O site não é associado, tampouco endossado por nenhuma liga profissional ou amadora, associação ou equipe.

Siga nas redes sociais

O que Thiago Marreta fez dentro do octógono diante de Jon Jones no UFC 239, no último sábado (6), em Las Vegas (EUA), pode ser definido como um ato heroico. Com uma lesão no joelho desde os minutos iniciais do combate, o brasileiro fez luta dura, assumiu o controle em diversos momentos, levou perigo ao rival, e mesmo com a derrota na decisão dividida – o que mostra o quanto a luta foi apertada – sai do duelo gigante, tendo conquistado o respeito e a admiração do mundo das lutas de forma quase que unânime. Foi por muito pouco que ele não quebrou a banca de forma histórica.

Magomedsharipov e Kattar batem o peso e confirmam luta principal do UFC Rússia

O brasileiro calou a boca de muita gente – inclusive a minha – que apostava que as únicas chances que ele tinha de bater Jones se resumiam ao nocaute nos minutos iniciais. O que ele mostrou foi que é mais do que capaz de bater Jones na decisão, uma vez que ele quase fez isso bem abaixo dos 100%. Marreta enfrentou Jones e a dor do joelho esquerdo, que segundo ele, “saía do lugar toda hora” durante a luta. É surreal imaginar o que ele teve de suportar. Mesmo machucado, seguiu valente, partindo para cima e oferecendo perigo a Jones mesmo quando o americano cresceu no combate.

Marreta foi frio, estratégico e perigoso o tempo todo. Perdeu um pouco da movimentação quando sofreu a lesão, o que abriu caminho para Jones crescer no terceiro round, mas sua performance deve ser exaltada.

Eventos

Jones foi mais uma vez clínico. O americano sabe o que faz, não tem pressa, e respeitou muito o poder de nocaute de Marreta. Se expôs pouco, de forma inteligente, conseguindo dois knockdowns contra o brasileiro.

O primeiro e o segundo round foram claros para Marreta, enquanto o terceiro e quarto foram claros para Jones. O quinto foi parelho, mas ainda assim Jones teve mais golpes significantes, e isso parece ter pesado.

O triunfo de Marreta não me surpreenderia. Não foi à toa que um dos três juízes laterais viu Marreta campeão. Mas achei justa a vitória de Jones na decisão dividida devido ao volume um pouco maior, controle do octógono e aquela velha questão: para se tirar o título do campeão na decisão, não se pode deixar dúvidas. Em duelos apertados, historicamente o campeão fica com o cinturão – concordemos com isso ou não.

A derrota se torna apenas um detalhe diante da bravura e do feito de Marreta. Para um cara que um ano atrás era apenas um lutador em busca de regularidade na categoria dos médios, cerca de 10 meses depois disputar o cinturão dos meio-pesados e por muito, muito pouco não destronar uma lenda da grandeza de Jon Jones, dando uma aula de superação dentro do octógono ao lutar com uma lesão grave, o espírito de campeão no momento compensam.

Campeão Kamaru Usman revela quais atletas o fizeram ter medo antes da luta no UFC

E como se não bastasse o que ele fez dentro do cage, no discurso pós-luta o brasileiro ainda deu uma aula de humildade, sem lamentar a lesão, se dizendo fã de Jones, agradecendo Deus e o mundo e nem sequer pedindo uma revanche, sem reclamar do resultado. É aquela coisa. “Nada a reclamar, só agradecer”. Postura digna de campeão. É para poucos.

Jon Jones também esbanjou humildade após a luta, reconhecendo o feito de Marreta, elogiando sua postura respeitosa após o combate, classificando o brasileiro como “lutador mais poderoso que já enfrentou”, se dizendo orgulhoso de ter batido Marreta em pé e pedindo que a cria da Cidade de Deus seja valorizada pelo povo brasileiro.

O presidente do UFC Dana White chegou a dizer que “quem viu vitória de Thiago Marreta não deve pontuar uma luta de MMA nunca mais” e que achou a performance de Jones “dominante” durante todo o confronto. Das duas uma: ou Dana assistiu outra luta ou lançou esse discurso para evitar que o assunto “revanche entre Jones e Marreta” atrapalhe os planos futuros de uma possível trilogia entre Jones e Daniel Cormier.

Não tenho dúvidas de que uma revanche entre Jones e Marreta deve acontecer no futuro. Pode não acontecer agora, mas o brasileiro e o americano certamente se reencontrarão no cage desde que Marreta siga no topo da categoria. Foi uma luta apertada, e o questionamento “imagina se Marreta não luta lesionado” é o suficiente para gerar interesse numa revanche.

Renato Moicano finaliza no UFC e pede respeito aos atletas brasileiros

Por fim, o público brasileiro amante de esporte deve reconhecer em Thiago Marreta um novo ícone nacional. É claro que o cinturão, o título e o brilho de uma vitória são mais atrativos. A derrota não significa que Marreta nunca será campeão. Pelo contrário. Esta nos mostra o quanto vale acreditar na capacidade do lutador.

Depois de uma história de vida que contou com uma vitória diante de uma doença rara quando bebê, a dificuldade da família em buscar abrigo após uma enchente, o cotidiano dominado pelo tráfico na Cidade de Deus, a perda do pai após o início da carreira no MMA e a resiliência diante dos altos e baixos de sua trajetória nas lutas, o título é algo pequeno demais para não tratar Thiago Marreta como um campeão.



🌏 Compartilhar:
Publicar comentário
Procurar


Outubro 2022
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234

Interessante
banner
Interessante
16-02-2022
Futebol em direto gratis | Please wait.
Futebol em direto gratis | Please wait.

Baixe o aplicativo RecargaPay para poder recarregar TVs pré-pagas, como Claro, Oi, SKY e muito mais...

25-02-2022
Reclamações ggbet | KTO Brasil - Apostas Esportivas Online
Reclamações ggbet | KTO Brasil - Apostas Esportivas Online

Os clientes, desde os iniciantes até os mais experientes, podem concorrer a bônus esportivos, prêmios e apostas gratuitas...

17-02-2022
App placard: Placard App
App placard: Placard App

Quer saber tudo sobre o Placard online app? Nós das Casas de Apostas Portugal trazemos aqui uma análise completa para que você comece a apostar em movimento na Placard, fazer seu placard download, prós e contras do placard online app e muito mais...

22-02-2022
Jogo do brasil ao vivo assistir - Jogo do Brasil de futebol feminino – 27/7: onde assistir ao vivo e horário
Jogo do brasil ao vivo assistir - Jogo do Brasil de futebol feminino – 27/7: onde assistir ao vivo e horário

A seleção do Brasil de futebol feminino faz seu último jogo da fase de grupos nas Olimpíadas, nesta terça-feira, 27/7, em confronto contra a Zâmbia...

20-03-2022
Quero apostar online - Sorry, you have been blocked
Quero apostar online - Sorry, you have been blocked

This website is using a security service to protect itself from online attacks...

09-02-2022
Aposta blaze: Blaze não pagou aposta ganha.
Aposta blaze: Blaze não pagou aposta ganha.

Fiz uma aposta na blaze de 135 reais na modalidade Double, já vinha perdendo a metade da banca quando resolvi fazer a última aposta com toda banca e na mesma hora o valor da banca foi descontado Por sorte ganhei ganhei a aposta, mas a plataforma blaze não pagou o prêmio reclamei com o suporte e eles mi disseram para olhar o histórico...