Xadversting

Melhores sites de trader: Melhores Plataformas para Day Trade

Gustavo RabirerosAutor da publicação: Gustavo Rabireros

Muitos tem a curiosidade de saber como trabalham os day traders, muitos se arriscam nessa profissão, mas poucos tem a coragem de pagar o preço, de estudar muito e ter sucesso, além de saber escolher qual a plataforma irá atender suas necessidades.

Hoje em dia, para quem quer operar day trade, existem diversas ferramentas disponíveis no mercado, várias delas bem profissionais e com preços bem acessíveis, diferente de tempos atrás, onde as plataformas day trade eram bem caras e não tinham a mesma eficiência de hoje.

Profitchart

Ao se inscrever, o participante recebe um valor fictício para operar. Há campeonatos onde quem conseguir rentabilizar mais sua carteira, concorrem a prêmios. Os simuladores são o Folhainvest, desenvolvido pela BM&FBOVESPA e o jornal Folha de São Paulo, e o UOL Invest em parceria com o portal UOL.

As plataformas mais usadas no Brasil são a Profitchart Pro (Nelógica), Tryd Pro (Tryd), FlashTrader e MT5, todas elas vem passando por constantes melhorias em sua performance, facilidade na configuração, suporte aos assinantes, rapidez na execução das ordens, dentre outras tantas funcionalidades existentes em cada uma.

Flash Trader

Tryd é uma plataforma de negociação inovadora, confiável e precisa, voltada para o Trader Profissional e Scalpers, que transmite notícias, ofertas, cotações em tempo real da BM&FBOVESPA e bolsas internacionais.

O que você quer aprender hoje?

O que você quer aprender hoje?

A plataforma foi desenvolvida especialmente para traders que utilizam tape reading para analisar o mercado, sendo assim, quem resolver contratar e quer utilizar alguma funcionalidade existente na análise técnica, deve primeiramente pesquisar se essa funcionalidade está incorporada na Flash Trader.

Artigos

A MetaTrader 5 é uma plataforma institucional multimercado para trading, análise técnica, uso de sistemas automáticos de negociação (robôs de negociação) e cópia de transações de outros traders. Com a MetaTrader 5 você pode negociar ao mesmo tempo no mercado de câmbio (Forex), ações, futuros, etc.

Você que já é um trader experiente ou que ainda está estudando para se tornar um, tenha em mente que ter uma plataforma profissional que te atenda e te de os recursos necessários para o dia a dia de operações, é extremamente importante para seu sucesso.

Rafael Iasi é trader desde 2013 e um dos pioneiros na divulgação das modernas técnicas de day trade no Brasil. Desde 2015 vem colaborando na educação de milhares de traders que seguem seus artigos no site Day Trader Pro e vídeos educacionais no Canal Day Trader Pro.

Loja

O que é Forex? A operação no FOREX envolve a compra de uma moeda e a simultânea venda de outra. O u seja, as moedas são negociadas em PARES, por exemplo: dólar e iene (USD/JPY). O investidor não compra dólares ou ienes, fisicamente, mas uma relação monetária de troca entre eles. O FOREX é um mercado em que são negociados, portanto, derivativos de moedas, ou contratos cujos ativos subjacentes são pares de moedas. Ele (o investidor) é remunerado, assim, pelas diferenças entre a valorização destas moedas. Como as cotações das moedas (dólares, euros, libras etc ) variam livremente, sob a influência de eventos políticos ou fatores econômicos, há um potencial para a realização de estratégias de investimento a fim de lucrar com essas flutuações. Esse mercado também permite a realização de estratégias de proteção (“hedge”) contra variações na taxa de câmbio, o que pode ser particularmente útil para quem possui receitas ou despesas afetadas pela cotação de determinada moeda, como exportadores, por exemplo. No caso de pessoas físicas, essa necessidade pode se manifestar quando elas sabem que terão uma despesa em moeda estrangeira em data futura.

Siga-nos

O mercado FOREX existe, sendo um dos maiores mercados do mundo. Estima-se que sejam transacionados, diariamente, contratos representando volume total entre 1 e 3 trilhões de dólares. O FOREX é um mercado “virtual” e, portanto, não tem uma sede estruturada fisicamente em nenhuma parte do mundo – é justamente essa “informalidade” que pode representar riscos para o investidor. Ele é formado pelas transações entre as instituições financeiras que nele operam. O FOREX é,portanto, um mercado de balcão, já que as transações são realizadas diretamente entre as partes por telefone, sistemas eletrônicos e internet. Não há uma operação centralizada, mas uma rede entre as instituições. O Forex é operado 24 horas por dia, de forma quase ininterrupta, negociando quatro principais pares de moedas, ao redor do mundo. Desde Sidney (Austrália), passando por Tóquio (Japão), Londres (Reino Unido) e Nova York (EUA). Apesar de ser um mercado internacional, as corretoras que oferecem investimentos no FOREX são registradas nos órgãos governamentais dos países em que atuam, como nos EUA e no Reino Unido. No Brasil, até julho de 2009, não há ainda corretoras registradas na CVM que participem na oferta de Forex.

O FOREX não se destina apenas a pessoas interessadas em realizar investimentos lucrativos. Na verdade, pessoas e empresas que tenham interesse em transacionar com divisas, como importadores e exportadores, também atuam nesse mercado para atender às suas necessidades relacionadas a moedas estrangeiras. Devido às suas características peculiares, no entanto, a maioria do volume negociado é de investidores buscando lucrar ou especular. Os especuladores, para realizar suas estratégias em busca de melhor rentabilidade, procuram aquelas moedas mais líquidas, ou seja, mais negociadas, o que facilita a realização de suas operações. Inicialmente, este era um mercado restrito a bancos e investidores institucionais. Com a evolução tecnológica e a crescente globalização dos fluxos financeiros, o FOREX tornou-se acessível a investidores individuais que, usando a Internet, em diferentes países, têm acesso às transações.

Como dito anteriormente, a operação no FOREX envolve a compra de uma moeda ao mesmo tempo em que ocorre a venda de outra, de modo que as moedas são negociadas em PARES, por exemplo: dólar e iene (USD/JPY), ou mesmo real e dólar. O investidor não compra dólares ou ienes, fisicamente, mas uma relação monetária de troca entre eles. Assim, quando alguém faz uma operação nesse mercado, não está comprando uma determinada divisa, mas um determinado PAR, uma taxa de câmbio entre duas moedas. Graças à flutuação nessas taxas, com a variação do valor relativo entre as moedas estrangeiras (ou entre a moeda nacional e as moedas estrangeiras),podem ser estruturadas diferentes estratégias de investimento, que podem resultar em lucros ou em prejuízos. Normalmente, as cotações das moedas não variam drasticamente em curto espaço de tempo, o que deve gerar dúvidas a respeito da veracidade das promessas de alta rentabilidade que muitas vezes acompanham as ofertas de investimento no FOREX.

A resposta está na utilização de “margem” para operar, mecanismo que permite negociar um volume maior de dinheiro aplicando apenas uma parte. Como a operação é liquidada apenas pela diferença entre as valorizações de diferentes moedas, não é necessário que o investidor tenha disponível todo o montante de recursos envolvido na operação. O FOREX permite que seja depositada, efetivamente, apenas uma “margem” para cobrir as variações diárias dos pares de moedas. A margem dá ao investidor maior poder para operar, podendo, assim, realizar operações de grande vulto. Por exemplo, em algumas corretoras estrangeiras (“brokers”), a margem é de 100:1, permitindo ao investidor (chamado “trader”) fazer uma operação com o valor de referência de 100 mil dólares, por exemplo, depositando apenas 1 000 dólares. Essa estrutura permite realizar maiores lucros, MAS TAMBÉM ACABA POSSIBILITANDO MAIORES PERDAS. A lógica é a mesma, aliás, pois como o valor que se pode negociar com um determinado investimento é multiplicado, assim são também os resultados, positivos e negativos. Logo, o que se deve ter em mente é que há RISCO nesse mercado e que esse risco cresce muito operando em margem.

GLOSSÁRIO

Apesar de ser um mercado que pode permitir grandes retornos, também envolve o potencial de perdas igualmente grandes. No sentido figurado, a operação se assemelha a um sistema de alavanca, em que se faz a força necessária para levantar 1 kg, mas se consegue suspender 100 kg. No exemplo, se para cada 1 dólar depositado como margem a proporção for de 100:1, ou seja, for necessário depositar 1%, seria possível realizar uma operação envolvendo a variação cambial de 100 dólares aplicando apenas 1 dólar. O uso da margem, por outro lado, acaba aumentando o risco de prejuízo, em termos percentuais. Uma perda de 1% em 100 mil dólares pode significar uma perda de 100% da margem efetivamente depositada, se esta também for de 1%. Assim, embora as moedas não apresentem grande variação diária, a alavancagem permitida pelo mercado pode transformar uma pequena oscilação negativa em um grande prejuízo para o investidor, envolvendo inclusive o total aplicado. Para investir em um mercado tão arriscado, é preciso estar preparado para perdas.

No exemplo anterior, se o investidor tivesse comprado euros (1,0500), efetivamente, e depois vendido (1,0550) quando se valorizaram, teria obtido um retorno modesto (menos de 0,5%, ou seja, US$ 400 em US$ 105 mil). Além disso, teria sido necessário desembolsar US$ 105 000, valor fora do alcance da maioria dos investidores individuais. No entanto, graças à possibilidade de operar em margem, o investidor pode ter desembolsado muito menos. Se a margem exigida for de 0,5%, ou uma relação de 200:1, no exemplo acima a operação de aproximadamente US$ 100 mil poderia ter sido realizada com o depósito de apenas US$ 500. Assim, se fosse necessário investir todo o valor principal na compra das moedas, e considerando a variação entre elas, o resultado bruto no exemplo do quadro acima seria inferior a 0,5%. Porém, se o investidor conseguiu comprar o lote EUR/USD com apenas US$ 500, o resultado alcançado representaria um retorno bruto de 80%, no mesmo período. MAS A PERDA TAMBÉM PODERIA TER SIDO DE 80%. Ou seja, se a previsão de valorização do EURO não se concretizasse, a margem de US$ 500 seria reduzida a US$ 100, com uma perda de US$ 400. Esse é, de forma simplificada, o funcionamento do mercado FOREX, no exterior.

E-LEARNING

O primeiro ponto a ressaltar é que se trata de um mercado que realmente existe, ainda que virtualmente. Também não há ilegalidade em um brasileiro realizar um investimento no estrangeiro, que pode ser a aquisição de um instrumento financeiro ou até de uma casa, desde que sejam observadas as normas aplicáveis, inclusive as definidas pelo Banco Central do Brasil. Este investimento também deve ser realizado através de instituições regularmente constituídas para o exercício da atividade. O FOREX é um mercado internacional, sem “nacionalidade” específica. Mas em cada país em que aconteça a captação de clientes e recursos isso deve acontecer de acordo com a legislação local. No exterior, as corretoras que operam são registradas em cada país onde há captação de investidores, como nos EUA e no Reino Unido. Isso porque se trata de um mercado de renda variável, com derivativos que são oferecidos aos investidores. A captação de clientes no Brasil para operar no FOREX só pode ser executada por instituições ou pessoas que estejam regularmente autorizadas pela CVM a desempenhar essa atividade. Isso porque trata-se de oferta pública de distribuição de derivativos, que são valores mobiliários sujeitos à regulamentação e à fiscalização da CVM. A regulamentação existe no Brasil e no exterior, justamente para proteger os investidores da falta de informação, de informações enganosas, de fraudes, manipulações e de outras situações que podem levá-los a ter prejuízos que não decorram dos riscos normais de mercado, decorrentes de variações nos preços dos ativos ou derivativos negociados, mas de situações excepcionais e irregulares.

• Além do risco inerente ao mercado FOREX, que é grande, o investidor pode ser vítima de uma fraude, um golpe. Sem que haja o registro na CVM, não há para o investidor qualquer garantia de que o “corretor” ou a “empresa” realmente exista ou que possua a identidade que afirma ter. Isso facilita a ação de pessoas inescrupulosas. Caso a operação seja realizada com instituições que não tenham o registro na CVM, também será muito mais difícil para ela e para qualquer outro órgão fiscalizador, caso isso seja necessário, localizar os autores do dano e identificar o prejuízo causado. Em muitos casos, os ofertantes estão no exterior ou utilizam sites hospedados em servidores localizados em outros países. Caso houvesse o registro da instituição financeira, essas instituições teriam,pelo menos, representantes no país, além de seguirem a lei brasileira.

AGENDA

• Outro risco de negociar nesse mercado por meio de agentes não registrados é o possível envolvimento com pessoas que atuam de forma ilegal ou ilícita. Além de eventualmente provocar a perda dos recursos do investidor, pessoas mal intencionadas podem utilizar indevidamente os seus dados até mesmo para realizar outras operações não autorizadas por ele.

Além do problema de operar com instituições não registradas na CVM, há também a questão da negociação com um produto (no caso do FOREX, um derivativo) que não está registrado para negociação no Brasil. A aprovação de um contrato derivativo para negociação no mercado, pela CVM, garante que serão prestadas ao investidor informações completas, padronizadas e atualizadas a respeito do produto. Esse procedimento de aprovação pelo órgão regulador assegura aos investidores o acesso a dados necessários para tomar uma decisão de investimento consciente e bem informada a respeito das características e dos riscos do produto, tais como: a unidade de negociação, a forma de cotação, os critérios de cálculo dos preços de liquidação, dos ajustes e das margens, as formas de liquidação, as eventuais restrições de acesso a determinados investidores e os limites de posição por investidor, por intermediário e de contratos em aberto. Quando não há a aprovação da CVM para a negociação de um derivativo no mercado brasileiro, não há como garantir ou exigir, antecipadamente, que o investidor tenha acesso a essas informações.

• Portanto, ao realizar operações com valores mobiliários, inclusive FOREX, o único caminho seguro é verificar se a negociação se dá de acordo com a lei vigente no país, ou seja, se a instituição ofertante, bem como o produto ofertado, possuem registro na CVM. Ela existe para proteger o investidor.

SITES RELACIONADOS

A maioria das consultas e reclamações direcionadas à CVM demonstra que muitos investidores no mercado FOREX não têm conhecimento do seu funcionamento. Como se trata de um mercado internacional, as pessoas e instituições que vêm oferecendo aplicações ilegalmente de FOREX no Brasil têm atuado como uma espécie de agente local de corretoras estrangeiras, captando clientes e recursos para viabilizar aplicações no exterior. ISSO É ILEGAL! O verdadeiro investidor no FOREX é o que tem acesso direto ao mercado (o “trader”), quem de fato coloca ordens de compra e de venda de pares de moedas junto a corretoras (“brokers”) registradas nos reguladores estrangeiros. No Brasil, esse “trader” procura atrair clientes locais para recolher recursos e aplicar em FOREX, normalmente, com o auxílio de pessoas que se apresentam como seus representantes ou agentes (“introducing brokers”), algumas vezes organizados em “empresas” de consultoria ou de administração de recursos. Embora se auto-denominem “empresas”, em muitos casos não são realmente pessoas jurídicas e operam à margem da lei. O “trader”, para aumentar sua capacidade de captar dinheiro, pode operar com várias “empresas”. Os estudos realizados pela CVM mostram que, normalmente, essas “empresas” só têm o registro de um site na internet, no exterior, sem nenhuma formalização pelas leis brasileiras. Elas atuam como corretoras, mas na completa informalidade. Muitas vezes, são pessoas que nada entendem do mercado FOREX, fazendo apenas a captação de investidores locais com disposição para aplicar dinheiro, atraindo-os com a promessa de uma rentabilidade maior, de “lucro fácil”, de “ganho certo”. Nessa atividade de propaganda, utilizam todos os meios disponíveis, mas priorizam a divulgação pela internet, com páginas especializadas, fóruns de discussão, chats, e-mails de marketing, entre outros. Para dar uma impressão de solidez, alguns sites aparentam representar instituições do mercado financeiro, em um cenário de “Wall Street”. Os fóruns ressaltam os lucros obtidos. Há sempre uma seção de depoimentos, com relatos de indivíduos que ganharam dinheiro no mercado FOREX, sobre os quais não se sabe se são reais ou fictícios. Também podem ser postadas mensagens com perguntas de investidores, reais ou fictícios, com dúvidas sobre a lisura das operações, as quais são sempre respondidas com mensagens tranquilizadoras. Em um dos casos identificados pela CVM, a “empresa”, cujo site dava a impressão de ser uma corretora de Nova York, era, na verdade, uma pessoa operando de um notebook a partir de uma residência em uma cidade do interior fluminense. Os sites exibem o máximo de informação possível para tranquilizar o investidor e estimulá-lo a entrar no esquema (só não será possível encontrar um alerta para consultar a CVM em caso de dúvidas). E por que todo esse interesse? Essas pessoas ou empresas informais recebem do “trader” (aquele que realmente opera FOREX) uma remuneração pelas operações dos clientes. Quanto maior a clientela, maior o ganho. O verdadeiro elo com a corretora estrangeira (“broker”) é o “trader”, pois é ele quem dá as ordens e traça as estratégias. Nos casos identificados pela CVM até o momento, o investidor, na verdade, não faz aplicações no FOREX, como muitos acreditam, mas um investimento junto ao “introducing broker” (a “empresa” informal), mediante uma promessa de rentabilidade. O retorno de sua aplicação, portanto depende totalmente do que lhe foi prometido pelo “introducing broker”, podendo não ter relação com o real retorno das operações efetivamente realizadas pelo “trader”. Muitas vezes, o “trader” não aplica o recurso do investidor em nome dos reais aplicadores, dos donos do dinheiro, em contas individualizadas nas corretoras estrangeiras. Ao contrário, o faz em próprio nome, em um montante único, não individualizado, agregando mais um risco de perda para o aplicador.

Os resultados do “trader” são retidos por ele, que, em seguida, remunera os “introducing brokers”, normalmente com juros fixos (é por isso que eles atuam). Estes, após retirarem a sua remuneração, repassam à clientela (investidores) o que sobra. Mas, se o investidor não pedir para resgatar, os recursos continuarão à disposição dessas pessoas.

ProTrader

• Se a aplicação for realmente direcionada para operações no FOREX, devido à natureza informal da operação, toda essa rede de participantes e suas remunerações não serão normalmente visualizados pelo investidor, que tem a sua rentabilidade (o seu ganho) e liquidez (caso consiga resgatar o que aplicou) totalmente dependentes da atuação e da honestidade das pessoas envolvidas.

Não é incomum a ocorrência de esquemas de pirâmide (com FOREX ou outros investimentos), nos quais os resgates são honrados não com o produto das aplicações, mas com os recursos dos novos investidores. Essa situação é insustentável no longo prazo e terá sua duração diretamente relacionada à disposição dos aplicadores de permanecer com os recursos alocados e à capacidade de se conseguir atrair novas aplicações. Normalmente, apenas os primeiros saques serão honrados e serão interrompidos quando deixar de “entrar dinheiro”. Muitos investidores céticos, mas desejosos de arriscar para obter uma rentabilidade maior (“e se for verdade?”, pensam), são iludidos por esse esquema. Isso porque, quando têm dúvidas, fazem uma aplicação menor e pedem logo o resgate para fazer um “teste”. Quando o saque é providenciado, ganham confiança no esquema e terminam aumentando sua exposição (o dinheiro investido). Quando a corrente se rompe e não há mais dinheiro para honrar os saques, o prejuízo desse investidor é maior do que seria inicialmente. E, mesmo quando os recursos são aplicados em FOREX, outros problemas podem surgir. A CVM tem detectado, em suas fiscalizações, ser comum que as aplicações do conjunto de investidores de um “introducing broker” não correspondam exatamente ao montante efetivamente investido pelos seus clientes. Como são esquemas informais, os responsáveis pelos sites, ou mesmo os “traders”, podem desviar parte do dinheiro captado, usando os recursos para “financiar” o aumento de seus patrimônios pessoais. Ou seja, nesse caso, o seu investimento vai financiar um carro zero ou um imóvel de luxo do golpista. Como a CVM não tem acesso a documentos contábeis ou comprovantes de liquidação dessas operações, porque tudo é feito informalmente e as “empresas” não são registradas nos órgãos competentes, torna-se mais difícil saber quem são as pessoas lesadas e qual o tamanho de seu prejuízo.

Com o conhecimento sobre o FOREX e o entendimento de como os esquemas ilegais de captação têm atuado no Brasil, fique alerta e sempre desconfie de qualquer promessa de rentabilidade rápida e com ganhos elevados. Apenas pessoas e empresas registradas na CVM podem ofertar ao público valores mobiliários. Portanto, o primeiro passo para saber se algo está sendo feito de forma ilegal é pesquisar se quem fez a oferta possui registro na CVM (dele, como agente autônomo, ou da citada “corretora”). Basta ir ao site da CVM (www cvm gov br) e fazer a pesquisa (“participantes do mercado”).

Investing

• Apenas valores mobiliários, derivativos no caso do FOREX, aprovados pela CVM e ofertados por instituições registradas na CVM podem ser oferecidos ao público. • Em caso de dúvida, pode-se fazer uma consulta à CVM diretamente pela central telefônica (0800-7225354, a ligação é gratuita) ou pelo Serviço de Atendimento ao Investidor, disponível no site da CVM na Internet (www cvm gov br), em “Fale com a CVM”. • Com a missão de proteger os investidores, a CVM solicita que seja informada em casos de oferta de uma aplicação nesse mercado e de qualquer outro tipo de investimento cujas características suscitem dúvidas nos investidores. Todas as consultas são respondidas e as denúncias, investigadas.

Profit Mobile

Cada vez mais pessoas estão interessadas em saber sobre investimentos e suas diversas modalidades. Ainda que seja o tipo de investimento preferido dos investidores brasileiros, a caderneta de poupança teve o pior desempenho da história.

Com isso, formas mais rentáveis e vantajosas de investimento estão caindo nas graças dos investidores. O investimento na bolsa de valores é uma das soluções para quem está disposto a correr mais riscos para lucrar mais. É aí que entra o trading!

Uma modalidade de investimento comum entre os traders é o day trading. Nela, o investidor faz negociações e operações financeiras de compra e venda de ações ao longo do dia. Por isso, ter ferramentas que auxiliem no conhecimento do mercado financeiro nacional e internacional pode fazer toda diferença na vida do investidor.

Tradingview

Esse auxílio pode vir por meio de informações sobre bolsas de valores no Brasil ou no mundo ou até mesmo em configurações de investimentos para cada perfil de trader. Quem quiser começar a saber mais sobre o assunto também pode acessar material especializado criado pela comunidade, acompanhar as notícias e tutoriais e conferir opiniões de especialistas.

O primeiro passo para começar nas negociações é ter acesso a uma boa plataforma. No portal é possível ver avaliações e os diferentes critérios de depósitos mínimos, alavancagem e outros. De acordo com os especialistas do Trading no Brasil, há diversas opções que merecem sua consideração para investir e negociar da forma correta. Entre elas:

TradersClub

A ProTrader é uma empresa responsável por desenvolver softwares para facilitar operações financeiras. Então, além da plataforma desktop e web, a empresa disponibiliza o ProTrader mobile para Android e iOS.

Por que baixar aplicativos para trading?

O Profit, segundo a Nelogica, empresa desenvolvedora do software, permite uma operação “em alto nível”. Além de oferecer soluções para cada perfil de investidor, a Nelogica disponibiliza quatro versões diferentes do Profit.

O Profit Training é ideal para investidores que ainda estão no início de sua jornada no mercado financeiro. O Profit One oferece recursos avançados para análise gráfica, ideal para traders que precisam de informações completas.

Marketing e Negócios

Os investidores podem definir suas preferências e configurar alertas para suas operações no mercado financeiro. E, como se não bastasse, a plataforma permite que investidores interajam entre si em uma espécie de rede social de traders.

O TradersClub é a plataforma perfeita para quem quer ter informações do mercado financeiro nacional e internacional. Nada mais importante do que estar por dentro de tudo o que está acontecendo antes de fazer transações financeiras, não é mesmo?

Ter em mãos um suporte de boa qualidade pode fazer a diferença entre fazer um bom investimento ou não. Por isso, os aplicativos podem ser bons aliados, já que estamos sempre conectados em nossos celulares.

Leia também

O clichê “tempo é dinheiro” faz parte da vida do investidor, sobretudo na modalidade de day trading. Por isso os aplicativos são tão importantes na hora de comprar e vender ações no mercado financeiro, já que além de serem o local para as negociações, também podem trazer informações e conhecimento para o melhor exercício das operações.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.

Privacy Overview

Copyright Tribuna de Minas. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo dessa página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a autorização escrita da Tribuna de Minas

Estudamos mais de 300 mil traders para criar um sistema educacional completo , que te ensina a melhorar seus resultados e a operar na Bolsa com mais segurança.

Seja para operar Day Trade, Swing Trade ou investir a longo prazo, nosso time de traders ensina as principais técnicas utilizadas no mercado como Price Action, Análise Técnica e Tape Reading em cursos gratuitos completos.

Aprenda as melhores técnicas

"Os cursos do Portal e a sala Ao Vivo mudaram minha vida operacional. A calma e paciência da equipe foram fundamentais para eu atingir minha consistência. Já conhecia o mercado e tinha perdido muito! Com vocês isso mudou! Não os conheço pessoalmente mas sinto como se fossem grandes amigos Obrigado por tudo!"

"Muito obrigado por ceder estes materiais tão valiosos de forma gratuita. Sempre que preciso renovar as energias e/ou tirar dúvidas recorro ao CHAT PORTAL DO TRADER e SEMPRE, SEM EXCEÇÃO sou muito bem tratado, minhas dúvidas são esclarecidas e tudo corre muito bem. Muito obrigado mesmo PORTAL!"

entenda por que acreditamos que juntos somos mais fortes

Este canal tem propósito exclusivamente educacional e nenhum conteúdo apresentado nos vídeos ou chat deve ser considerado, entendido, utilizado ou confundido com qualquer modalidade de recomendação, consultoria ou análise de investimento. Eventuais operações mostradas nos vídeos só são apresentadas após serem finalizadas, ou seja, é impossível que sejam utilizadas para auxiliar ou influenciar investidores no processo de tomada de decisão de investimento. O propósito das discussões é unicamente educar interessados em relação às técnicas apresentadas nos cursos e treinamentos deste site. Investimentos em renda variável possuem riscos e ganhos passados não garantem de nenhuma forma ganhos futuros. A decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente, nos termos da legislação e regulamentação aplicáveis.



🌏 Compartilhar:
Publicar comentário
Procurar


Setembro 2022
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234

Interessante
banner
Interessante
05-02-2022
Jogos com apostas reais — Cassinos online: dinheiro real em apostas – guia para brasileiros
Jogos com apostas reais — Cassinos online: dinheiro real em apostas – guia para brasileiros

Nosso time de especialistas avaliou os principais cassinos online com dinheiro real em jogo...

24-03-2022
Mega sena da virada aposta online. Sorry, you have been blocked
Mega sena da virada aposta online. Sorry, you have been blocked

This website is using a security service to protect itself from online attacks...

15-02-2022
Aposta futebol app; Melhores casas de apostas do Brasil
Aposta futebol app; Melhores casas de apostas do Brasil

Se você quer saber quais as melhores casas de apostas, confira o guia completo com a análise das promoções oferecidas para o mercado brasileiro...

20-02-2022
1xbet como funciona: 1xbet
1xbet como funciona: 1xbet

A empresa de apostas 1xBet da Rússia é uma verdadeira sensação no mercado...

04-02-2022
Melhor casa de apostas: Quais casas de apostas online que oferecem as melhores probabilidades de apostas?
Melhor casa de apostas: Quais casas de apostas online que oferecem as melhores probabilidades de apostas?

O mundo das apostas online é muito completivo e todas as casas de apostas gostariam de pensar que elas têm as melhores probabilidades...

20-02-2022
Tudo tv assistir futebol vivo | Jogos de hoje ao vivo: onde assistir futebol na quarta – 19/01/22
Tudo tv assistir futebol vivo | Jogos de hoje ao vivo: onde assistir futebol na quarta – 19/01/22

Nesta quarta-feira, 19 de janeiro de 2022, a programação de futebol traz confrontos nacionais e internacionais para agitar o dia do torcedor...