Xadversting

Chuto forte apostas web — Pulses PRO

Gustavo RabirerosAutor da publicação: Gustavo Rabireros

A grande fase que o brasileiro vem atravessando na carreira recebeu elogios e reconhecimentos de ninguém menos que Khabib Nurmagomedov, ex-campeão dos leves no UFC e considerado o maior atleta da organização na categoria. Em recente entrevista concedida na Rússia, “The Eagle”, que está aposentado do MMA desde o ano passado, exaltou o bom momento de Charles e afirmou que o atleta é merecedor pelo atual status que alcançou dentro do Ultimate.

“Parece que ele venceu oito lutas seguidas. Muitas lutas acabando rápido. Que eu me lembre, somente contra Tony Ferguson ele lutou os cinco rounds. Acho que Charles do Bronx é um campeão muito merecedor. Muitas finalizações, muitos recordes do UFC. Seria uma vergonha se Michael Chandler vencesse. Duas lutas no UFC e já ser o campeão? Teria algo errado se isso acontecesse. E Charles evoluiu muito. É merecedor de todo esse sucesso. Fico feliz por ele”, opinou o russo.

No entanto, apesar dos elogios feitos ao brasileiro, Khabib, ao que parece, tem um favorito no posto de campeão peso-leve do UFC. O agora ex-lutador projetou que, quando o seu parceiro de treinos, Islam Makhachev, chegar em condições de disputar o título peso-leve, o campeão da divisão já não será Charles do Bronx, e sim Dustin Poirier. Na opinião de Nurmagomedov, Poirier vai vencer Conor McGregor na luta principal do UFC 264, em julho, e na sequência vai derrotar Do Bronx, ainda este ano.

“Quando Islam Makhachev chegar à parte de cima do ranking, Charles do Bronx não será mais o campeão. Espero que ele entenda bem as minhas palavras. Eu o respeito, ele merece ser o campeão. Mas quando chegar a hora de Islam, haverá um novo campeão, e já será este ano. Na minha opinião, o campeão será Dustin Poirier”, concluiu.

Considerado atualmente o segundo maior evento de MMA do mundo, atrás apenas do UFC, o Bellator, ao longo dos últimos tempos, vem evoluindo sua estrutura e reforçando cada vez mais o seu plantel de atletas. Através de seu canal no YouTube, a organização divulgou uma lista com as maiores finalizações em katagatame ao longo de sua história e a lista de atletas é respeitável, com Michael Chandler (ex-campeão peso-leve), Dudu Dantas (ex-campeão peso-galo), Tito Ortiz (ex-lutador do Ultimate e lenda do MMA) e também Nick Newell, lutador conhecido por sua história de superação, já que possui má formação congênita no braço e construiu uma carreira vitoriosa no MMA, com um cartel de 16 vitórias (sendo 11 por finalização) e apenas três derrotas.

São Paulo estreia na Copa do Brasil em busca do título inédito

O TUF (The Ultimate Fighter), que por anos foi considerado o principal produto midiático do UFC, está de volta. Nesta terça-feira (1), a 29ª temporada do reality show tem início nos Estados Unidos, através da ESPN, e terá como treinadores o atual campeão peso-pena do Ultimate, Alexander Volkanovski, e o segundo colocado no ranking, Brian Ortega. Apesar do anúncio dos treinadores, a organização ainda não revelou quando será o evento que vai colocar os atletas em ação com o cinturão da categoria até 66kg em disputa. Ambos, inicialmente, iriam medir forças no card do UFC 260, realizado em março deste ano, mas Volkanovski testou positivo para a Covid-19 e a luta foi adiada.

A atual temporada do TUF contará com a participação de oito pesos-galos (61 kg) e oito pesos-médios (84 kg), no entanto, nenhum lutador brasileiro estará presente no programa. Na divisão dos galos, estão escalados os lutadores Daniel Argueta, Brady Hiestand, Dustin Lampros, Vince Murdock, Mitch Raposo, Joshua Rettinghouse, Liudvik Sholinia e Ricky Turcios. Já nos médios, Aaron Phillips, Andre Petroski, Bryan Battle, Ryder Newman, Tresean Gore, Miles Hunsinger, Kemran Lachinov e Gilbert Urbina vão em busca de um contrato com o Ultimate.

São Paulo se aproxima de renovação com Luciano

Aposentado do MMA desde maio de 2020, Henry Cejudo procura se manter ativo. Sempre que pode, o ex-campeão duplo (peso-mosca e peso-galo) do UFC provoca algum lutador através de suas redes sociais ou por entrevistas. No entanto, recentemente, o americano apareceu em um vídeo nas redes sociais do professor Rafael Cordeiro, líder da Kings MMA, treinando e recebendo dicas de Mike Tyson, lenda do Boxe.

No vídeo, Tyson ensina Cejudo a lançar uma sequência de socos e movimentos de esquiva, terminando com seu famoso cruzado. Quem auxiliou na atividade foi justamente Rafael Cordeiro, que acompanhou o movimento com as manoplas e a proteção na cintura.

Desde que venceu Dominick Cruz no UFC 249, em maio do ano passado, Henry Cejudo ainda não saiu da aposentadoria. O atleta, atualmente com 34 anos de idade, realizou o feito de ter batido Demetrious Johnson e conquistado o cinturão dos pesos-moscas em 2018. Após defender o título por uma vez, contra TJ Dillashaw, o lutador da Fight Ready MMA subiu de divisão, nocauteou Marlon Moraes e levou o segundo cinturão (peso-galo) para casa.

São Paulo contrata Andrés Colorado

A difícil relação entre Jon Jones e Dana White ao longo dos últimos tempos pode estar próxima de ter uma “trégua”. Sem lutar há mais de um ano, o ex-campeão meio-pesado do UFC contratou o renomado promotor Richard Schaefer, ex-CEO da organização “Golden Boy Promotions”, para ser uma espécie de “conselheiro” em sua carreira no MMA, e esse pode ser um indício de que as negociações envolvendo “Bones” e Dana podem ganhar contornos mais otimistas.

O próprio presidente do Ultimate deu a entender que o cenário pode melhorar e, em entrevista ao site “Yahoo Sports”, fez elogios ao promotor, ressaltando a facilidade de Richard em negociações e resoluções de bons desfechos para burocracias que surgem em negociações entre atletas e dirigentes, caso de Jon Jones e Dana White.

“Eu gosto de Richard Schaefer. Esse é um cara que eu respeito e conheço há muito tempo nesse mundo da luta e das negociações. Ele é um cara de verdade, é um agente que faz acordos, então vamos ver o que acontece”, disse o mandatário.

Sem lutar desde fevereiro de 2020, Jon Jones vem em processo de transição física para lutar no peso-pesado e a expectativa é de que o ex-campeão meio-pesado faça sua estreia nos 120kg somente em 2022, de acordo com estimativa feita pelo próprio lutador. Desde o ano passado, no entanto, “Bones” vem em uma verdadeira disputa com o Ultimate e, consequentemente, Dana White, em busca de uma valorização financeira dentro da franquia, onde luta desde 2008. O americano chegou a entrar em negociações para enfrentar Francis Ngannou, atual campeão dos pesados, mas ficou extremamente insatisfeito com o valor oferecido pelo UFC e não entrou em acordo.

Grêmio segue a preparação para o Grenal com desfalques no treino

Realizado na última sexta-feira (28), eu Austin, no Texas, Estados Unidos, a edição do Who’s Number One foi marcada por confrontos que terminaram de forma bem rápida nas lutas principais da noite. No main event, diante de Luiz Panza, Craig Jones teve uma atuação de gala e conseguiu finalizar o brasileiro com uma chave de calcanhar em apenas 47 segundos de combate. Logo nos primeiros momentos, Jones puxou para a guarda e iniciou o processo para travar a perna de Panza. A partir disso, foi uma questão de segundos até que o australiano encaixasse o gancho até a justa finalização.

Na luta co-principal do evento, Mikey Musumeci emplacou sua segunda finalização consecutiva no Who’s Number One. Diante de Lucas Pinheiro, o americano adotou a mesma estratégia de Craig Jones e, logo de início, puxou para a guarda e atacou a perna do adversário. O árbitro central chegou a interromper o duelo após os dois atletas saírem da área de combate, mas Musumeci manteve a posição no reinício do confronto e conseguiu a transição para a chave de calcanhar, finalizando o brasileiro em pouco mais de um minuto de luta.

Ex-Fortaleza, atacante Tiago Orobó acerta com equipe da Coreia do Sul

O card principal ainda contou com as vitórias de Vagner Rocha, Nicky Ryan e Oliver Taza na decisão dos jurados sobre Josh Hinger, Gabriel Almeida e Johnatha Alves, respectivamente, além do triunfo de Jessa Khan diante de Pati Fontes por finalização (armlock). No card preliminar, destaque para o jovem Mica Galvão, que emplacou mais um triunfo em sua carreira, agora sobre Andrew Tackett, por unanimidade.

Assista aos melhores momentos de América-MG x Guarani-PAR

Assista aos melhores momentos de América-MG x Guarani-PAR

Card principal Craig Jones finalizou Luiz Panza com uma chave de calcanhar Mikey Musumeci finalizou Lucas Pinheiro com uma chave de calcanhar Nicky Ryan derrotou Gabriel Almeida por decisão dos jurados Vagner Rocha derrotou Josh Hinger por decisão dos jurados Oliver Taza derrotou Johnatha Alves por decisão dos jurados Jessa Khan finalizou Pati Fontes com um armlock

No próximo dia 12, acontece o esperado card do UFC 263, em Glendale, no Arizona (EUA). O evento vai contar com duas disputas de título e mais um dos combates mais aguardados de 2021: Nate Diaz contra Leon Edwards. O bad boy americano, aliás, é visto como “zebraça” para o confronto, segundo o site Betboo.

1º tempo: América pressiona e perde chances

1º tempo: América pressiona e perde chances

Aos 36 anos, Nate vai retornar ao octógono após ficar cerca de um ano e meio afastado. Em seu último compromisso, novembro de 2019, perdeu para Jorge Masvidal na disputa pelo cinturão do “lutador mais casca-grossa”. Quem colocar 10 reais no americano, vai receber 44 reais, se for confirmado a vitória.

Já Edwards vem de uma sequência impressionante de nove lutas sem perder – sendo oito vitórias e um empate. Se vencer, o inglês deverá se colocar como um dos postulantes ao cinturão do campeão dos meio-médios Kamaru Usman. Quem casar 10 reais em “Rocky”, vai faturar 12,20, se for confirmado o favoritismo.

Card preliminar (23h, horário de Brasília): Peso-médio: Israel Adesanya x Marvin Vettori Peso-mosca: Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno Peso-meio-médio: Leon Edwards x Nate Diaz Peso-meio-médio: Demian Maia x Belal Muhammad Peso-meio-pesado: Paul Craig x Jamahal Hill

Card preliminar (19h15, horário de Brasília): Peso-leve: Drew Dober x Brad Riddell Peso-meio-pesado: Eryk Anders x Darren Stewart Peso-mosca: Lauren Murphy x Joanne Calderwood Peso-pena: Movsar Evloev x Hakeem Dawodu Peso-galo: Pannie Kianzad x Alexis Davis Peso-leve: Frank Camacho x Matt Frevola Peso-pena: Chase Hooper x Steven Peterson Peso-leve: Fares Ziam x Luigi Vendramini Peso-pesado: Carlos Boi x Jake Collier

2º tempo: América continua em cima, mas gol no fim decide o jogo

A ansiedade é definida como o medo exagerado sobre os eventos futuros. Já a depressão é uma intensa tristeza acompanhada do desinteresse em realizar atividades que antes eram prazerosas e, em casos severos, pode diminuir a vontade de viver. A depressão é o transtorno mental que mais acomete no mundo, sendo mais de 300 milhões de pessoas, sendo crianças, adultos e idosos de ambos os sexos (GÁL et al , 2019).

Geralmente, as mulheres tendem a ter níveis mais elevados dessa psicopatologia e espera-se que o número de diagnósticos e a venda de remédios aumentem com o passar dos anos. Tais dados são preocupantes, porque essa psicopatologia causa insônia, diminui o bem-estar e a qualidade de vida (ZILCHA-MANO et al , 2014). O seu tratamento é orientado pelo psiquiatra com auxílio medicamentoso e do psicólogo, porém, profissionais de educação física apresentam grande suporte e relevância por se tratar de profissionais promotores de saúde e bem estar.

Os medicamentos têm o efeito de estimular a produção (concentração) de serotonina no sistema nervoso central (cérebro) (FITZGERALD, BRONSTEIN, 2013). Esse neurotransmissor é responsável em equilibrar o humor, melhorar a qualidade do sono, regular o apetite, entre outras funções. Sabemos que o exercício físico tem o efeito de aumentar a produção de serotonina no cérebro (ZIMMER et al , 2016), (chamamos de efeitos não farmacológicos), ou seja, o exercício físico pode potencializar o efeito do medicamento e até mesmo prevenir a doença.

As lutas, artes marciais e modalidades esportivas de combate são uma das manifestações do exercício físico (WAŞIK; WÓJCIK, 2017). De forma adequada e adaptada, pode ser praticada por crianças, adultos e idosos de ambos os sexos (DUARTE et al , 2021). Os esportes de combate são separados por três categorias 1) Strike: modalidades com golpes traumáticos (socos, chutes, cotoveladas e joelhadas), incluindo o Kickboxing, Boxe, Taekwondo, Muay Thai e Caratê; 2) Grappling: modalidades de submissões (quedas e torções), incluindo o Judô, Sumô, Sambo e o Jiu-Jitsu e 3) Mistas: contém as duas características, incluindo as Artes Marciais Mistas (MMA) (DRURY, LEHMAN, RAYAN 2017).

Estudos realizados ao redor do mundo demonstram efeitos positivos da prática das lutas e das modalidades esportivas de combate (Taekwondo, Jiu-Jitsu e Kickboxing) no estado do humor (DUARTE et al , 2020; YANG, KO, ROH, 2018). Até mesmo uma única sessão dinâmica de treinamento já apresenta efeitos positivos (TOSKOVIC, 2001). Esses benefícios são observados em crianças e adultos, independentemente da idade que inicie a prática. É evidente que a prática regular das lutas também melhora a aptidão física, autoestima, diminui os pensamentos negativos e o medo (KOTARSKAet al , 2019). Outro estudo, mostrou que uma semana de privação da prática do Karatê entre praticantes avançados (faixas marrons e pretas) de ambos os sexos foi o suficiente para gerar graves perturbações do humor (SZABO, PARKIN, 2001).

Por sua vez, as lutas produzem o Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro (BDNF) (OZTASYONA, 2017), uma proteína produzida no cérebro que melhora a manutenção da sobrevivência das células nervosas, melhora a qualidade sináptica e aumenta a produção de serotonina (HAN et al , 2020). A baixa produção do BDNF está associada a comportamentos depressivos (HAN et al , 2020). No estudo pré-clínico de Kosari-Nasabet et. Al. (2018) demonstrou que a o traumatismo craniano leve reduz a produção do BDNF no cérebro (hipocampo). Nesse sentido, modalidades onde golpes traumáticos são inerentes (Kickboxing, Taekwondo, Boxe e Muay Thai) é importante tomar cuidado com a concussão cerebral, para não prejudicar a produção do BNDF vinda do treinamento.

América-MG x Guarani-PAR – E agora?

Neste momento difícil de pandemia, é importante buscar algum tipo de exercício físico para a manutenção da saúde física e mental. O simples fato de sair da condição sedentária já é uma grande conquista. Portanto, ao praticar modalidades de lutas, sejam elas recreativas ou a nível competitivo, pode trazer efeitos adicionais à saúde. Sendo assim, somente os profissionais de educação física podem prescrever exercícios físicos. No contexto das lutas, os faixas pretas da modalidade e os que têm licença das federações podem, de maneira legal, ensinar a modalidade. Portanto, baseado em evidências, é importante que outros profissionais responsáveis na área da saúde também comecem a indicar a prática de artes marciais e modalidades esportivas de combate como forma alternativa no tratamento e na prevenção da ansiedade e depressão.

BEVILACQUA, G. G;SILVA, R. B; CLAUDINO, V. M; SEVERINO, B. S, RODRIGUES, M. E. S; ANDRADE, A. Self-rated sleep quality and mood states of Brazilian fighters. Revista de Artes Marciales Asiáticas, v. 14, n. 2s, p. 47–49, 2019.

Deixe um comentário

DUARTE, J, D, R, S; RODRIGUES, H, H, N, P; CUNHA, M, G; DE MACEDO, A, F; SALINAS, J, A, R; CLAUDINO, T, X; PASA, C; FETT, W, C. R; FETT, C, A. Dietary intake in kickboxing fighters. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 4, p. 42409-42424, 2021.

DUARTE, J. D. R. S; PASA, C ; FERRAZ, A. F; FETT, C. A COMPARAÇÃO DAS DIFERENTES PERCEPÇÕES DE ESTADOS DE HUMOR EM PRATICANTES DE LUTAS E NÃO PRATICANTES E SEU NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA In: Congresso Internacional de Ciências da Saúde, 2, 2020, Ceará. Journal of Human Growth and Development. Ceará, 2020. p. 10.

GÁL, Z; HUSE, R. J; GONDA, X; KUMAR, S; JUHASZ, G; BAGDY, G; PETSCHNER, P. Szorongás és depresszió – a vér-agy gát integritásának szerepe. Neuropsycho pharmacologia Hungarica, v. 21, n. 1, p. 19–25, 2019.

HAN, Z; WANG, Y; QI, L; WANG, J; WONG, J; CHEN, J; LUO,X; WANG, Q, M. Differential Association of Serum BDNF With Poststroke Depression and Poststroke Anxiety. Archives of physical medicine and rehabilitation, v. 101, n. 8, p. 1355-1366, 2020.

KOSARI-NASAB, M; SHOKOUHI, G; GHORBANIHAGHJO, A; ABBASI, M, M; SALARI, A. Hesperidin attenuates depression-related symptoms in mice with mild traumatic brain injury. Life sciences, v. 213, p. 198-205, 2018.

KOTARSKA, K; NOWAK; L; SZARK-ECKARDT, M; NOWAK, M. Selected healthy behaviors and quality of life in people who practice combat sports and martial arts. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 16, n. 5, p. 1–12, 2019.

YANG, J. S ; KO, J. M ; ROH, H. T. Effects of regular Taekwondo exercise on mood changes in children from multicultural families in South Korea: a pilot study. Journal of Physical Therapy Science, v. 30, n. 4, p. 496–499, 2018.

ZILCHA-MANO, S; DINGER, U;. MCCARTHY, K. S; BARRETT, M. S; Jacques P BARBER, J. P. Changes in well-being and quality of life in a randomized trial comparing dynamic psychotherapy and pharmacotherapy for major depressive disorder. Journal of Affective Disorders, v. 152–154, n. 1, p. 538–542, 2014.

ZIMMER, P; STRITT, C; BLOCH, W; SCHMIDT, F; HUBNER, S, T; BINNESBOBEL, S; SCHENK, A; OBERSTE, M. The effects of different aerobic exercise intensities on serum serotonin concentrations and their association with Strooptask performance: a randomized controlled trial. European journal of applied physiology, v. 116, n. 10, p. 2025-2034, 2016.

Erick Salles espera grande duelo diante do Marília: “Muito difícil”

Após sofrer uma grave fratura na perna direita durante a luta contra Uriah Hall, que aconteceu em abril, no card do UFC 261, Chris Weidman, aos poucos, vem se recuperando da delicada lesão. O ex-campeão peso-médio do Ultimate vem tendo o auxílio de um equipamento que simula a ausência de gravidade. Dessa forma, o lutador conseguiu caminhar pela primeira vez sem o auxílio de muletas e compartilhou o momento especial com seus fãs, através da publicação de um vídeo onde surge caminhando na esteira, acompanhado do seu pai.

Após assinar seu primeiro contrato profissional, Gabriel Souza vive expectativa de ser relacionado pela primeira vez.

O aparelho serviu para diminuir o peso corporal do “All American” para somente 50% do normal, o que evitou uma pressão no local onde Weidman sofreu a fratura. O equipamento pertence à Associação de Reabilitação de Performance, localizada em Charlotte (EUA).

O octógono do UFC vai receber, em agosto, uma de suas lutas mais aguardadas. O ex-campeão peso-pena da organização, José Aldo, terá pela frente um dos principais atletas da divisão peso-galo, Pedro Munhoz Atleta da American Top Team, Munhoz tem obtido os melhores resultados da sua carreira nos últimos anos sem jamais ter sido nocauteado. Tal fato tem o credenciado como um dos principais nomes da categoria até 61kg nos últimos anos

O duelo está marcado para o dia 7 de agosto. Enquanto isso, os atletas estão se preparando para o combate com seus treinadores. No caso de Munhoz, um dos segredos da sua performance que tem chamado a atenção de todos que acompanham o UFC está na combinação de elementos que compõem o atleta de elite.

Davison, zagueiro do Volta Redonda, comenta expectativas para disputa da Copa do Brasil

Pedro exibe em suas lutas a resiliência e a paciência, fatores importantíssimos para qualquer atleta de alto rendimento, aliado às habilidades apresentadas no Boxe e Muay Thai. Além disso, a velocidade na aplicação do seu Jiu-Jitsu tem feito toda a diferença em confrontos difíceis.

Soma-se a todo esse cartel e às qualidades técnicas apresentadas ao longo dos anos também a parte mental do seu treinamento. Nesse sentido, o treinador mental Lincoln Nunes tem conduzido o atleta a reconhecer seus pontos fortes e fracos internamente.

Nunes e Munhoz têm trabalhado a parte mental e comportamental da performance do atleta, que visa conquistar o cinturão peso-galo do UFC. Durante seus encontros, o treinador mental orienta e apresenta cenários possíveis, onde Munhoz visualiza suas oportunidades em lutas, reconhece suas fraquezas e vantagens, e também entende como proteger-se de ameaças.

“Isso faz com o que o atleta treine com clareza de propósitos, afastando-se da aleatoriedade de uma trocação de socos aberta em uma luta. Mas caso aconteça, Pedro Munhoz está preparado. Basta lembrar do confronto com Cody Garbrandt, em 2019, onde eles fizeram uma luta de alto nível e com uma alucinante sequência, que culminou no nocaute aplicado por Munhoz”, destaca o treinador.

Além da visualização, o trabalho mental é também analítico. “Tudo que é metrificável é passível de melhoria”, ensina Lincoln. “Desde a quantidade de golpes bem desferidos até o número de situações que poderiam ser melhor exploradas em combate, tudo isso faz com que o atleta foque em um treino de evolução”, acrescenta.

O resultado disso foi visto na última luta, contra Jimmie Rivera. “O brasileiro mirou um ponto forte do adversário e explorou em seu favor. Munhoz castigou a panturrilha de Rivera, golpe bastante usado pelo seu oponente em lutas anteriores. Explorar essa região requer visão prévia, planejamento e execução. E ele usou um dos pontos fortes do adversário e reverteu uma possível vantagem que Rivera teria”, conta seu treinador.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE Paraná x Coritiba

Agora, a busca pelo cinturão do UFC tem este novo capítulo, que é a luta contra José Aldo. Para chegar até aqui, foram anos de preparação, revela Lincoln. “Essa preparação inclui não apenas treinos físicos e técnicos, mas também treinos mentais. Pedro tem na família a inspiração para buscar as respostas internamente. Sua esposa é instrutora de Yoga, o que aproximou o atleta da importância de saber viver o momento presente, visualizar suas metas e sonhos e ter consciência do seu próprio corpo”, diz o treinador.

Além disso, Lincoln e Pedro trabalham em suas conversas os valores, princípios e virtudes que moldam o caráter e a performance do atleta. “Ele é um homem da família, pai exemplar, fala inglês fluentemente em suas entrevistas e sabe que a primeira batalha a ser vencida é contra si mesmo, e o que o diferencia de muitos outros atletas, com certeza, é ter a consciência de que o verdadeiro poder não está somente no corpo, mas também na mente”, acrescenta seu treinador.

Por outro lado, Pedro é só elogios para este trabalho e enfatiza os pontos fortes de sua preparação: “Ele me faz enxergar com clareza meus objetivos e tem grande conhecimento de diversas áreas da formação humana. Acompanho treinadores mentais nos Estados Unidos, já trabalhei com outros mental coaches, e com certeza, o Lincoln está entre os melhores do mundo”, completa.

Na noite desta quarta-feira (23), o duelo América-MG x Guarani-PAR aconteceu pela partida de ida da 2ª fase da Pré-Libertadores. Assim, o desacreditado (porém, perigoso) visitante paraguaio venceu por 1 x 0 o confronto, e leva uma vantagem para Asunsión. Em suma, o gol do Aurinegro saiu já nos minutos finais de jogo com o camisa 10 Josué Colmán.

1º TEMPO: acirrado e com golaço

O jogo teve completo domínio do América-MG desde o seu início. Mas, logo no primeiro minuto, já ocorreu uma polêmica envolvendo a arbitragem. Em um contra-ataque do Guarani-PAR, o atacante Nuñez teve sua camisa puxada pelo zagueiro Éder, “último homem” da defesa. Porém, o árbitro economizou e aplicou apenas um cartão amarelo, gerando muitas reclamações por parte dos paraguaios.

Já com a bola em jogo, o América-MG mandava nas ações, e não deixava o Guarani-PAR jogar. Destaque para o volante Juninho, que fez uma bela jogada na entrada da área, dando um chapéu no marcador e batendo sem a bola cair. Porém, ela tocou caprichosamente no travessão e saiu. De fato, aquele lance que todos dizem: “um crime não ter entrado”. Em seguida, Matheusinho lançou Wellington Paulista nas costas da defesa que, livre, finalizou mal na saída do goleiro.

Na volta do intervalo, o América-MG seguia dominante e criando muitas oportunidades. Porém, o Guarani-PAR também começou a assustar mais. Logo no início, Nuñez conseguiu uma escapada nas costas de Éder, e finalizou forte. Porém, Jailson fez boa defesa, impedindo o gol dos paraguaios. Na frente, o Coelho insistia em cruzamentos na área, que não davam em nada. Até assustou em uma finalização sem direção de Juninho de dentro da área.

2º TEMPO: acirrado, com gols e virada

Mas, aquele velho ditado popular “quem não faz, toma”, se aplicou ao América-MG. De fato, a equipe dominou toda a partida. Porém, no fim do jogo, aos 46′ do segundo tempo, em um contra-ataque rápido, Josué Colmán trouxe da esquerda para o meio e bateu de direita. A bola esbarrou em Iago Maidana, e tirou Jailson completamente da jogada. Assim, o Guarani-PAR cravou o 1 x 0 no Independência.

Com a vitória no Independência, o Guarani-PAR leva uma vantagem para o jogo em Asunsión, na próxima quarta-feira (2). Portanto, se quiser passar de fase, o América-MG terá que vencer por dois gols de diferença. Como não há gol qualificado, qualquer vitória do Coelho por um gol de diferença leva a disputa para os pênaltis. O empate interessa aos paraguaios.

Paraná x Coritiba – E AGORA?

Na tarde deste domingo (20), Paraná x Coritiba jogaram pela 9ª rodada do Campeonato Paranaense de 2022. A saber, de virada, a equipe do Coxa venceu e, consequentemente, alcançou a liderança da temporada.

Com uma primeira etapa acirrada, a equipe do Paraná balançou as redes aos 32′ da partida. A saber, Moisés Gaúcho recebeu de Tadeu e, rapidamente, mandou um chute forte na gaveta. Ou seja, não deu chances para o rebote do goleiro adversário. Buscando reagir, o Coritiba apertou. Mas sem êxito, não conseguiu acertar. Em outras palavras, não furaram o bloqueio dos donos da casa e, consequentemente, terminaram o primeiro tempo no 1 a 0.

Na volta do intervalo, o elenco do Coritiba entrou para recuperar os lances perdidos. A saber, o técnico aproveitou o momento para estrear os seus novos atletas. Ou seja, Warley e Clayton entraram para dar um up no setor ofensivo do time e, consequentemente, deu certo. Em outras palavras, foi aos 03′ que o Coxa marcou. Em suma, Thonny Anderson cruzou para Luizão que, de cabeça, empatou. Mais uma vez, os visitantes chegaram e, aos 12′, viraram. Warley recebeu o cruzamento de Matheus Alexandre e na sobra, mandou no canto esquerdo. Dessa forma, o confronto terminou favorável para o grupo Alviverde. Placar final: 1 x 2!

Sendo assim, essa vitória deixa a equipe do Coritiba no 1º lugar na tabela. Ou seja, acumula 18 pontos. A partir de agora, se prepara para encontrar o Azuriz, no dia 01 de março, às 19h (horário de Brasília), no Estádio Os Pioneiros.

Enquanto isso, com essa derrota, o elenco do Paraná permanece 12ª colocação do campeonato. Em outras palavras, continua com os seus quatro pontos e perde a chance de passar para a próxima fase do campeonato. Todavia, segue para terminar a tabela. Ou seja, caminha para enfrentar o União, no dia 26 de fevereiro, às 16h (horário de Brasília), no Vila Capanema.



🌏 Compartilhar:
Publicar comentário
Procurar


Outubro 2022
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930311234

Interessante
banner
Interessante
11-02-2022
Eleven sports 1 em direto - FTF Next
Eleven sports 1 em direto - FTF Next

In March 2017, the U S...

23-03-2022
Como colocar o cs go em portugues. e-sportv
Como colocar o cs go em portugues. e-sportv

O Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) é o jogo de tiro mais jogado no mundo, mas apertar o gatilho não é o bastante para ser um hitman no jogo da Valve disponível para PC via Steam...

24-03-2022
Melhor maneira de fazer apostas desportivas | Como ser um Camaleão nas apostas desportivas - Prognóstico
Melhor maneira de fazer apostas desportivas | Como ser um Camaleão nas apostas desportivas - Prognóstico

A ideia deste artigo, surgiu a quando num dos nossos Podcast bissemanal do ApostaGanha, onde debatemos as apostas para o meio de semana e o fim de semana e onde debatemos as principais ligas europeias e agora o Brasileirão – Série A e Série B...

09-02-2022
Futebol ao vivo streaming. Jogos ao vivo na TV e streaming do dia 22 a 24 de janeiro de 2022
Futebol ao vivo streaming. Jogos ao vivo na TV e streaming do dia 22 a 24 de janeiro de 2022

Todos os jogos transmitidos nos canais Disney (ESPN e Fox Sports) também são transmitidos no Star+...

20-02-2022
Casinos online com bónus de registo - Bónus sem depósito nos casinos online em Portugal
Casinos online com bónus de registo - Bónus sem depósito nos casinos online em Portugal

No CasinoReal, encontra avaliações de todos os casinos a operar em Portugal, quer tenham licença do Serviço Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ) ou outra licença internacional – normalmente atribuída por Curaçao ou MGA (Malta Gaming Authority)...

22-03-2022
Norgevegas — NorgeVegas
Norgevegas — NorgeVegas

NorgeVegas er et casino som er skapt for det norske markedet, og som raskt har tatt en god posisjon blant nettcasinoene der ute...